E Quando Você Machuca o Coração De Alguém?

Falar sobre esse assunto é difícil pois todo mundo já teve o seu coração partido ou já partiu o coração de alguém, e o que nos resta é a busca de um novo amor… Um curativo ou até mesmo um remendo. Mas você já se colocou no lugar da pessoa que sofre?

Eu?! Sinceramente, sim! Sim, pois já estive nessa posição de sofrer incansavelmente e de não acreditar no dia do amanhã. Já chorei e senti dor por demasiado… Mas passou. Talvez pela minha criação ou até mesmo pelo que já vivi, posso culpar a astrologia por isso também (risos), só não me permito cultivar a lamentação por muito tempo.

Mas nem todos são iguais. Eu, alguns meses atrás machuquei o coração de alguém, no começo não dormi feliz por isso… Mas já não estava dormindo antes. Nesse caso o melhor a se fazer foi terminar do que defraudar o relacionamento. Para quem não sabe, defraudar é promover em uma pessoa um desejo que você não pode satisfazer.

E por mais que o ditado diga: “Evite machucar o coração das pessoas. O veneno da dor causada a outros retornará a você!” Precisamos ser honestos conosco também, se não dá para continuar, um dos corações sempre vai sangrar.

Como eu disse no começo do post, já sofri por amor e tenho até hoje uma das cartas desse momento, ano que vêm vai completar 10 anos desse termino, e nessa época eu acreditava que o “vencedor” levava tudo, e o perdedor permanecia pequeno. Engano o meu… Ambos saem perdendo. Mas nesses momentos de negação, nos rebaixamos muito, eu me anulei por completo. E quem se sente traído, de uma forma ou de outra faz de tudo para rebaixar o outro também… Hoje se fala mal do ex em redes sociais, indiretas por mensagens, deleta o histórico da fotos, bloqueio no Facebook e etc. Coisas do tempo moderno. Relacionamento superficiais…

Uma historia não se apaga, por mais machucado que você saia de uma relação. Temos que tirar um aprendizado de tudo, pode ser para uma reconciliação ou até mesmo para um novo amor. O que importa é sempre acreditar… E quando fazemos o contrario, deixamos de acreditar no amor, deixamos de acreditar na vida e nos fechamos para o novo. Pense à respeito.

  • Algum dia alguém vai entrar em sua vida e vai te fazer ver porque você nunca deu certo com outra pessoa. (Someone will walk into your life and make you see why it never worked out with anyone else).
  • Clique aqui para a ler cópia da carta que envie em 20.08.2008 para um ex-namorado.

Hiatus, Pra Que Te Quero?

Depois de um pequeno hiatus, estou de volta as funções do BLOG! Uhuuuu… Não é novidade para as pessoas que me acompanham a insana vida de produtor de eventos, já comentei sobre, só que antes da loucura toda, me faltou criatividade para manter a manutenção por aqui. Faltou incentivo. rs

Ah! Falando agora da minha vida de bloggueiro, muitas pessoas acham que manter um blog sadio, com conteúdo relevante é fácil… Não, não é. Eu não ganhou absoluta NADA com essa plataforma, o que me mantém ativo por mais de 10 anos são os comentários e a participações dos leitores.

Adoro ler opiniões, dicas e tudo que envolve esse mundo do compartilhamento de ideias. Tive ‘N´ chances de voltar aqui e deixar um cartão de Feliz Páscoa, só pra dizer que o BLOG tá vivo, sei que é importante até para não perder acesso, mas não acho prudente agir dessa maneira. Quem desprende alguns minutos do seu dia para ler o que posto, merece mais que um cartão de “Estou voltando, Boa Páscoa!”.

E falando em ‘come back’, re-visitei alguns blogs que sigo aqui no WordPress e tenho uma triste noticia… Mas vai ficar para o próximo post! Hehehe…

Alguém Que Segure Minha Mão

Há alguém que segure minha mão? Sem puxar, apertar ou até mesmo controlar? Só preciso que segure e me acompanhe. Seguindo em frente, sem nada dizer, deixando que o olhar fale por si. Compartilhar, sorrir, chorar… Sentir.

Por que no meio do caos as gentilezas se tornaram tão piegas? Talvez a gratidão ficou mecânica demais, desnecessária, inusual e os favores viraram obrigações.

Por isso só preciso que segurem a minha mão e não roube nada de mim, não ludibrie. Mas me peça! Tenho tão pouco e não faço questão de muito. Mas não aceito o pouco passivamente, quem o faz, acostuma-se a receber menos ou absolutamente nada, afiliando-se à mediocridade. No meu caso, quantidade não me preenche e a qualidade me basta.

Segure minha mão com a humildade dos aprendizes e que tenha a experiência dos sábios. Para alguns a simplicidade que admiro e busco talvez seja complexa aos olhos da superficialidade e não faz o menor sentido. Para mim é como tesouro.

Procuro alguém que segure minha mão e que saiba que o amor, a amizade e a dedicação, são minha moeda de troca. #BEDA28

Alguem-Que-Segure-A-Minha-MãoBEDA-2016-Rodapé

I Am Cait

Ontem, com um pouco de atraso, pude conferir o último EP da série-documentário “I Am Cait” (Canal E!, 23:00hs) que acompanha a transição de gênero de Caitlyn Jenner, mais famoso como Bruce Jenner, atleta olímpica que era é nada mais nada menos que o “step-patriarca” da famosa família Kardashian.

Reality-Show-I-Am-Cait-02Claro, tudo que gira em torno da família mais famosa da TV mundial gera um questionamento. “Será que é publicidade?“, “Será essa mais uma maneira de ganhar dinheiro?“. Assistindo à anos o reality-show e vendo a história da família se desenrolar entre casamentos, filhos, dinheiro, lojas, festas, brigas e tensões, o que de uma certa forma parece ser um pouco banal para quem esta de fora olhando, quem de fato tinha uma verdadeira história para ser contada e que estava ali guardada e escondida à sete chaves, era Bruce Jenner.

O que mais me tocou na série foi a transparência como tudo foi contado, esqueça o sensacionalismo que esperamos do clã Kardashian, tudo é muito simples, sensível, direto e emocionante. Coloque-se no lugar de uma pessoa de 65 anos que viveu um personagem e se transvestia por todo esse tempo. Já imaginou a dor dessa pessoa ao se olhar no espelho e não se enxergar. Não ver quem realmente é? A série tem suas particularidades e a principal delas é mostrar um mundo novo, não apenas para Caitlyn que desbrava tudo com garra e força, e isso é perceptível até nos momentos de fraqueza, como também para nós telespectadores.

A série mostra toda a preocupação de Caitlyn com as transexuais e sua comunidade e o primeiro contato dela com membros de sua família e amigos já como mulher. Os momentos tensos e emocionantes ficaram no reencontro com sua ex-esposa, Kris Jenner, e sua mãe Esther Jenner. “Estava muito orgulhosa do Bruce, quando ele subiu naquele pódio para receber a medalha de ouro em Montreal. Estava emocionada. A bandeira americana estava sendo erguida e pensei que nunca mais ficaria tão orgulhosa dele. E quer saber? Eu estava errada. Porque eu estou mais orgulhosa dele agora, pela coragem que ele demonstrou. Amei-o com todo o meu coração e certamente a amo com todo meu coração.” disse Esther.

Reality-Show-I-Am-Cait-01

A série esta sendo reprisada e vale à pena conferir, existem também sites que disponibilizam os episódios para download (olha que erro meu dizer/linkar/compartilhar sites de downloads), o que importa nesse momento é compartilhar o conteúdo. Permita-se a conhecer as pessoas do nosso mundo, e descubra que existe lugar para todos, indiferente do gênero, opção sexual, etnia ou religião. E uma salva para essa nova mulher, Caitlyn Marie Jenner.

Instagram 10K!

instagram-10k

Hoje é dia de comemorar mais uma conquista do Blog André Hottër!
Somos 10K no Instagram! 🙂 Uhuuuuu!
E você já faz parte dos 10 mil seguidores do @andrehotter?
Venha! Estou te esperando para compartilhar essa felicidade comigo: https://instagram.com/andrehotter

Ah! Não esqueça de deixar seu perfil nos comentários. Quero curtir e seguir todos… #SpreadTheLove

A Inspiração Existe, Mas…

Opá! Olha quem esta de volta?! Eu! rs
Detalhe, não estava de férias nas belas praias de Cancun ou esquiando em Aspen, e sim no olho do furacão, praticamente trabalhando que nem camelo no deserto.

PabloPicasso-WorkNão tive nenhum bloqueio criativo, muito pelo contrário, como disse o eterno Pablo PicassoA inspiração existe, mas ela precisa te encontrar trabalhando. E mesmo sem postar nada aqui no blog, visitei alguns colegas, li alguns sites em busca de novas referências, e nos poucos momentos que tive fui escrevendo meus novos posts tudo no Bloco de Notas do iPhone! Portanto, vou ter bastantes novidades para contar, preciso apenas organizar as ideias que estão soltas, revisar e trazer para a luz! rs

Você já reparou como algumas ideias aparecem quando estamos longe de qualquer lugar? Longe do trabalho, da escola, ou até mesmo no trajeto de volta para casa? Tenho certeza que não acontece só comigo… É quando o nosso cérebro finalmente relaxa que as idéias resolvem aparecer. Só que antes eu deixava essas ❝ Grandes Ideias ❞ escaparem. Pensava: Assim que chegar no trabalho eu coloco em prática ou chegando na faculdade eu escrevo. E com tantos gadget que carregamos no nosso dia-a-dia para facilitar a nossa vida, esquecemos de utiliza-lo da forma mais simples, como um bloco de anotações.

Até lembretes no pulso escritos à caneta eu estou fazendo, agora eu anoto tudo! Não deixo passar nada…
Bom, muita luz, boas conquistas e muito, muito sucesso para nós em 2015! Vamos #compartilhar conhecimentos, dicas e tudo de bom! 🙂

Criatividade Na Hora De Postar

Quem nunca teve um blackout criativo na hora de postar algo no Blog!? Em alguns casos podemos dizer que é falta de leitura, em outros, mente exausta de tanta informação. Como não sou bobo nem nada, aproveito esse meu momento de ❝ blackout ❞ para escrever sobre o assunto, criativo não?! rs

criatividade-na-hora-de-blogarBrincadeiras à parte, é extremamente frustrante quando a cabeça esta cheia de ideias, um monte de coisas bacanas para compartilhar e na hora que ligamos o computador cada pensamento foge como um raio de luz… Não sobra um pra contar história! E como me conheço, coloco uma música animada, saiu da frente da tela e deixo a mente vagar por alguns minutos.

E quando esses minutos não são o suficiente? Me jogo na frente da TV e coloco em dia algum filme ou série (que eu ❤ d+). Como não sou muito de copiar as postagens de outros blogueiros aguardo a inspiração voltar naturalmente. Detalhe: Não fico criando metas de postagens ou temas que tenho que seguir. Se eu for por essa linha, aí que não sai nada. O criar nunca deve ser imposto!

Tento ser super prático na maioria das vezes, escolho um tema e levo alguns minutos para dissertar um post, mas leio bastante, principalmente quando o texto precisa ter um respaldo. Gosto de pesquisar pois detesto expor algo errôneo. E nós sabemos que blogar não é nada fácil, requer tempo, dedicação e muitas vezes disciplina.

Tenho algumas dicas para evitar esses ❝ blackout ❞… Anote no papel ou até mesmo no celular algumas ideias que surgem, grave audios com pensamentos e frases criativas e inspiradoras. Leia bastante e visite seus colegas de blogosfera para se manter antenado e em alguns casos, reme contra a maré, discordar ou até mesmo mostrar o outro lado da moeda é uma forma super criativa de criar novas postagens. E VIVA A CRIATIVIDADE!

Agora me conta… O que você faz para sair dos momentos de blackout!? 🙂 rs