Tags

, , , , , , , , , , , , , , , , ,

Hora de comemorar a conquista de um amigo… Isso mesmo! Meu querido Fabrício Viana, jornalista, escritor e bacharel em psicologia chegou ao marco de 20 mil leitores. Uhuuuu! 🙂  Em seis anos ele já escreveu e publicou quatro livros com temática LGBT: O Armário (sobre a homossexualidade), Ursos Perversos (contos eróticos gays), Orgias Literárias da Tribo (coletânea LGBT premiada duas vezes em 2015) e o recente THEUS: Do Fogo À Busca De Si Mesmo (romance com temática gay) e que você pode conferir a resenha que fiz, aqui.

Livro-Fabricio-Viana-Orgias-Literárias-Da-TriboAo contrário do que se imagina, Orgias Literárias da Tribo não é um livro erótico/pornô, e sim um livro de contos, crônicas, poesias e textos em geral que representam o dia a dia, desejos e sentimentos de 10 autores da comunidade LGBT: Caio Gomez, Evertton Henrique, Heller de Paula, Karina Dias, Laris Neal, Marina Rodrigues, Meggie M., Oliver Lebruter, Paula Guedes e Raphael Pagotto. O livro conta ainda com a participação especial de Ben Oliveira.

Com 144 páginas e com dois prêmios recebidos em 2015, a coletânea permite que gays leiam textos de lésbicas, lésbicas de pessoas trans e trans de bissexuais. Ou tudo fora desta “ordem“. Afinal, como diz Viana no livro, é “uma orgia literária” e a ordem não importa tanto. A leitura da obra, sim.

“Talvez eu sonhe demais, talvez eu seja muito egocêntrico, talvez eu chore menos do que deveria, talvez eu sorri mais do que devo, talvez eu erre, peque, julgue, brigue, abrigue, me dê, me venda, me julgue mais do que posso. Talvez”. – Oliver Lebruter

“Dia de recolher os pedaços que ficaram pelo chão
Caminhei como vidro, ainda que trincado,
por muito tempo.
Agora sou um caco…”. – Raphael Pagotto

Agora, que tal uma orgia pra celebrar? Bora!? Tá afim?! Tô falando do livro… rs Fabriciano Viana está dando, gratuitamente e autografado, 100 exemplares da coletânea “Orgias Literárias Da Tribo“. Você só precisa residir no Brasil e pagar o valor do frete de R$8,00!

Então corre no site do Fabricio Viana para maiores informações de como receber seu exemplar antes que se esgote, são apenas 100! Depois venha me contar o que achou da única coletânea no Brasil onde é possível encontrar pelo menos um autor representando cada segmento LGBT. #BEDA07

BEDA-2016-Rodapé

Anúncios