E Quando A Idade Chega

E-Quando-A-Idade-Chega

Ela chegou e não faço questão de esconder… Sinais de expressões, cabelos brancos, pelos grossos. Tudo o que a idade trás de presente e que muitos fazem questão de esconder.

Não sou mais um garotinho que sempre se mostra sorrindo, já passei dos 35! rs
O que importa é ser jovem de espirito, de alma, manter a curiosidade e não abandonar a vaidade.

Sou de aquário, não sou de ninguém, coração rebelde, livre. Mas sempre amando meus entes e quem esta perto de mim. Cultivando sempre boas lembranças das minhas andanças. Amadurecendo emocionalmente, menos onipotente. Esse sou eu, algumas vezes chato, metódico, maduro… Mas não velho! 🙂 rs

Quando a idade chega trazendo mais razões, acredite, tem suas compensações.

 

 

16 pensamentos sobre “E Quando A Idade Chega

  1. Muitas compensações… rsrsrs. Caminhamos mais devagar, pois não temos tanta pressa… já não perdemos tempo com bobagens! Valorizamos coisas simples antes despercebidas… Não somos velhos! Temos a idade de nossa alma. Abs.

  2. A idade chegou para você! Seja bem vindo rsss… Como a Bia Perez comentou de maneira correta:’ já não perdemos tempo com bobagens,valorizamos coisas simples antes despercebidas…’ Imagino que você seja assim, e isso e uma nobreza do ser humano que na maioria das vezes só valoriza..Quando a idade chega! ❤

  3. Lindo seu texto, eu estou ainda me acostumando com o fato da idade estar chegando, mas imagino que seja algo natural e com o tempo aprendemos a lidar com ela e a valorizar o que aprendemos.
    Beijos e amei o post me fez refletir…

  4. A verdade é que com o passar dos anos, vamos amadurecendo emocionalmente, vamos nos tornando menos onipotentes e mais humildes. Percebemos que nosso papel na história é mais modesto do que pensávamos. Acabamos substituindo velhas ideias falsas por fatos concretos. Aprendemos a respeitar a realidade e a nos relacionar com ela, a nos adaptar. Compreendemos os limites que a biologia impõe ás mudanças.
    Ao parar de brigar com a vida, passamos a navegar a favor da correnteza. Podemos dizer que a idade da razão tem suas compensações.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s