Tags

,

O preconceito ainda existe e sabemos disso… Com com negros, gays, pobres e marginalizado. Abrir um campo aberto para falar sobre esse assunto é hastear uma bandeira que muitas vezes esta ao meio mastro…  É difícil, mas é preciso. Recentemente entrei no Facebook e me deparei com uma simples dissertação de um querido amigo:

Acho o gay mais preconceituoso que qualquer conceito formado de ser-humano. Vivem pedindo respeito, mas adoram auto-rotular qualquer situação, coisa ou pessoa…
Tem preconceito com gordo, negro, pobre, japonês, Drag, travesti, lésbica e até heterossexuais.
Pedem respeito mas todos os anos estão presentes na Parada Gay, distribuindo mal gosto e cenas deploráveis e não sei onde se orgulham… A imagem que eu tinha do gay era: Um cara bonito, simpático, inteligente e sensível.
… Cadê a essência boa, a diferença, a cultura?! Está na hora de rever conceitos, o mundo está mudando, evoluindo… Pensem nisso! Tiago Rost

A resposta mais certeira para a única pergunta feita no texto é simples: Esta trancada no armário!

Se houvesse um gráfico ou até mesmo uma pesquisa, o preconceito com a sexualidade seria um dos maiores maus dessa nova geração. E chega ser irônico, cada ano o público da parada gay de todo o mundo supera ao de seu ano anterior. Chega ser irônico como diz no texto, o próprio gay que luta por sua causa apunhala pelas costas o semelhante que luta pelo mesmo.

Hoje em dia tudo é liberado, tudo têm fácil acesso… Alguns dias atras estava em um festa com meus amigos e estávamos nos sentindo como avós de todas aquelas crianças que estavam no local. Comecei a frequentar balada quando alcancei a maioridade e me sentia sempre o mais novo no local, olhava para todo mundo e pensava “será que estou no lugar certo”? Hoje, menores de idade lutam e com a mesma força que nós na pista de dança.

E por esse motivo de tudo estar tão fácil, as correntes do famoso “armário” servem apenas para guardar o que ficou oprimido por algum tempo. Exemplo… Porque serei gentil com alguém que não é gentil comigo? Jogo a gentileza lá dentro… Porque irei gostar de alguém afetuoso, honesto sendo que tem um bíceps e um abdômen definido flertando comigo a noite toda na balada? Porque vou me simpatizar com a causa de drags e travestis sendo que ele mancham a minha reputação perante a sociedade? O que esse monte de hétero tá fazendo aqui na balada?

Cultura é algo que não é valorativa, não podemos dizer quem tem mais ou quem tem menos cultura. Todo mundo nasce dentro de uma cultura e se adequá à ela dentro de sua sociedade. O que falta nas pessoas é o CONHECIMENTO. O conhecimento em todos os sentidos e no mais amplo que existe. Nunca deixaremos de ser preconceituoso enquanto formos ignorantes. Apenas com o conhecimento e compartilhando esse conhecimento vamos poder fazer a diferença, eu estou começando e você!? #ThinkAbout

Anúncios