Tags

, , , , , , , , , , ,

O prédio da FAAP sedio novamente o show de Reinaldo Lourenço, e que show! O estilista teve como inspiração os vitrais da Catedral de Notre Dame, e como sempre surpreendeu à todos com a riqueza e o glamour da coleção. Não fugiu do preto em sua cartela de cores, diversificou apenas no material utilizado nas confecções: coro, veludo, seda, lã com aplicações de verniz. Mais um coleção “classuda“, feminina, chic e totalmente comercial. Abriu o 3º dia com maestria…

A Ellus mostrou que a moda jovem vai estar com tudo nessa temporada de inverno, tanto para os rapazes quanto para as garotas. A label apresentou uma coleção completa que podemos dividi-la em 3 partes: looks totais pretos, looks totais vermelho e ouro rosè para fechar. Detalhe para os acessórios e luvas.

Mario Queiroz trouxe alfaiataria para os homens e as mulheres, ainda não visto nessa edição de inverno. Na cartela de cores usou o preto, cinza e laranjas em estampas florais e avermelhados. E como materia-prima os veludos, lãs, jacquards e cotelês.

Clô OroscoSara  Kawasaki deram um show à frente da requintada Huis Clos, o que ja era esperado. A mulher moderna pode fazer seu guarda-roupa completo, desde a roupa de esporte aos vestidos de festa. As estilistas não fizeram uso de muitos materias e nem de muitas cores, mas ficou uma coleção forte e totalmente comercial, mega ponto para a marca.

Ficou clara a inspiração de Samuel Cirnansck nesse inverno 2012, ao longa Cisne Negro. Utilizou como matéria-prima a organza, cetim, musseline em seda, renda, tules e gazar, bordados e drapeados. Bastante brilho e transparência. Foi uma coleção rica para os olhos e que promete fazer sucesso, se o nosso inverno for abaixo de 0º.

Fotos: Charles Naseh | Chic

Anúncios